Cotidiano Chinês

Um pouquinho da nossa vida na China…

Arquivo para a categoria “curiosidades”

Os pijamas…

Como comentei no post “Os pijamas e os avós”, algumas pessoas não ligam muito para o fato de estarem vestindo pijama fora das suas residências. Como falei, colocam um sapato, pegam uma bolsa e estão prontos pra ir comprar a verdura do dia no mercado! Sim, pois os chineses vão ao mercado todo santo dia, só consomem alimentos fresquinhos e fazem compras sempre em pequenas quantidades. Dífícil ver alguém fazendo “a compra do mês”.

Bom, voltando às vestimentas desse povo engraçado que convive comigo por aqui, esses dias estávamos em uma loja de esportes, de uma marca chinesa muito boa por sinal (só o nome que não ajuda muito: “ANTA”, mas ok), eis que a seguinte figura entra na loja passeando em meio aos produtos:

IMG_2654    IMG_2655

IMG_2656

Muito tranquila e muito à vontade fazendo as suas compras de sábado em Dongmen*! Ainda bem que ela se enrolou bastante e conseguimos tirar algumas fotos.

Essas próximas fotos foram tiradas aqui na frente do nosso condomínio, no final da tarde! Ou seja, a desculpa de “acabei de acordar e fui brincar” não cola muito:

IMG_2747     IMG_2748

E tem essa aí também, com a calça do pijama, bem tranquila indo comprar Yakult na menina simpática (final da tarde de sábado):

IMG_2749

E tem também essa senhorinha que foi a praia de pijama comprido. Calor pra quê né?

IMG_0390

Olha, não vou dizer que é raro ver alguém de pijama, pois eu vejo todo santo dia. Como falei, aqui onde moro, só dá pijamão! É engraçado, vou fazer o que. Como nós sempre conversamos aqui em casa, a China é cheia de contradições. O mesmo povo que tira os sapatos pra não sujar a própria casa, sai com a mesma roupa que usa em sua cama, para sair na rua… Vai entender né?

A cada dia que passo eu acho que entendo um pouquinho mais da China. Mas às vezes, parece o contrário! Quanto mais a gente convive, menos entende! hehe

Mas são essas pequenas coisas que fazem o nosso dia-a-dia tão gostoso e tão diferente!

Os pijamas sempre fazem parte do nosso cotidiano chinês! 🙂

P.S.: Dongmen é um bairro aqui de Shenzhen, onde é possível comprar de tudo! Mas tenha paciência para andar, pois o lugar é enorme! Não escolha também um dia muito abafado para fazer suas compras.

Coroa de flor pode, número 4 não!

Passando na frente de algumas lojas, não pude deixar de reparar na decoração de “boas-vindas” de alguns lugares:

IMG_1949

IMG_1931

O que te lembra? Uma coroa de flores daquelas usadas para enterro não?

Pois é, aqui o enfeite é bem parecido com o nossa florzinha de enterro.  Sempre que há inauguração de alguma loja ou qualquer outro lugar, na frente, só dá coroa de flor!

Bom, se estas flores nos lembram a morte, imagine a cara do chinês quando eu disse que no ano novo geralmente as pessoas vestem branco… Para eles, o branco é a cor do luto, e nos enterros, as flores brancas são predominantes. O branco para eles é como passar a virada do ano de preto para nós.

Nos casamentos tradicionais chineses, as noivas vestem vermelho. Mas isso não é uma regra, já que hoje em dia os casamentos mais modernos já aceitam o vestido branco.

Mas pior do que vestir branco, é o número 4. 14 então? Morte na certa! Esse número é tão temido, que na maioria dos prédios, os andares com número 4, são inexistentes… Sabe como? Não? Veja os painéis dos elevadores abaixo:

IMG_0096

IMG_2758

O número 13 também não é muito bem-vindo. Muitas vezes não encontro nos elevadores também.

O número da sorte é o 8! Sempre que for dar algum hong bao 红包* para um chinês  procure quantias que terminem com 8! Jamais com o número 4! Não é simplesmente má sorte, é coisa ruim mesmo. Tome cuidado pois eles levam isso a sério! Muitos não aceitam ficam no quarto andar de um hotel ou comprar um apartamento no quarto, décimo quarto, vigésimo quarto andar…

Geralmente nos hotéis, quem fica nesses andares são os laowais 老外(estrangeiros), pois os chineses, não fazem questão nenhuma.

Quando for comprar um número de telefone, o preço também muda devido a quantidade desses números. Quanto mais 8, mais caro. Quanto mais números 4, mais barato. Placa de carro não é diferente. Tem gente que fica horas escolhendo a combinação perfeita – e claro, não pode ter número 4.

E porque essa superstição? Lembram do post que falei que a cor laranja tinha a mesma pronuncia da palavra “sorte”? Pois então, aqui não é diferente. A pronúncia do número 4 四 (sì) lembra muito a pronúncia da palavra “morte” 死 (si), por isso, o número é tão temido.

O mandarim tem muitas pronúncias parecidas, e a entonação das palavras é muito importante para se fazer entender por aqui. Para mim, é isso que torna o mandarim tão difícil de aprender – mas não impossível. Com o tempo vamos pegando o jeitinho de cada palavra e entendendo um pouco mais desse povo incrível, tão diferente e cheio de significados!

O número 4 e as coroas de flor também fazem parte do nosso cotidiano chinês!

P.S.1:Hong bao 红包 é uma quantia em dinheiro oferecida aos chineses em aniversários ou casamentos, em envelopes vermelhos, a cor da prosperidade.

P.S.2: Não podemos dizer que isso se aplica em todos os lugares da China, pois como já disse antes, esse país é um aglomerado de muitas culturas. Assim como cada estado do Brasil tem as suas gírias e crenças… Quem come cachorro-quente com vina aí? 🙂

Meiyou bing de pijiu! 没有冰的啤酒 !

Pergunte a um brasileiro qual a primeira palavra que ele aprendeu quando chegou aqui: PIJIU啤酒 (Cerveja). E a segunda? BING DE PIJIU冰的啤酒 (Cerveja GELADA)! (Leia-se: pídjou e bindapidjou, respectivamente).

Porque a segunda seria pedir uma cerveja gelada? Não é meio óbvio?

Não. Bebida gelada por aqui… é raro! Pode estar fazendo 40º em Shenzhen (sim, pois aqui o tempo é muito quente no verão), e se você chegar na casa ou no escritório de alguém morrendo de sede, você vai receber um copinho com água QUENTE, ou no máximo uma água temperatura ambiente.

Como falei no meu primeiro post, tudo por aqui tem um significado, e pra água quente de todos os dias, temos um também! Os chineses acreditam que tomar água gelada, com o corpo quente não faz bem por causa do choque térmico – o que é verdade. Além disso, a água quente facilita a digestão dos alimentos. Para eles, nós temos que tomar água na mesma temperatura do nosso corpo. Inclusive, quando eles estão fazendo esportes, só água quente, ou chá. A professora de tenis do meu namorado só leva chazinho quente para “se refrescar” nos intervalos do jogo…

Muitos restaurantes inclusive, não têm a torneira de água normal (bebível) disponível, apenas quente. Já pedi varias vezes água gelada e algumas vezes recebi um copo com água quente e vários cubos de gelo dentro – o que no final deixa uma água morna.

Torneiras como essas da foto abaixo, a gente encontra em muitos restaurantes por aqui. Dessa torneirinha, só sai água quente pra você poder tomar um cházinho enquanto come.

IMG_1934

Pessoas como eu, que adoram uma água beeem gelada, sofrem um pouco pra se acostumar, mas a gente se adapta.

Algumas semanas atrás, nós tivemos a festa de final de ano da empresa aqui, e o jantar foi em um restaurante super chique aqui em Shenzhen. A bebida, foi vinho pra todo mundo. Geralmente é assim: se um vai beber uma coisa, todo mundo bebe junto! Bom, pra acompanhar o vinho, sempre bom um copinho de água né? E lá fui eu na esperança… Mas me trouxeram um copo de água fervendo (literalmente). Aí eu pedi gentilmente uma água normal, não precisava ser gelada… Mas, MEI YOU 没有 !

Mei you é uma das primeiras palavras que os estrangeiros aprendem por osmose por aqui, e significa: NÃO TEM. Os chineses falam muito mei you, pois essa expressão não serve pra dizer apenas que eles não tem alguma coisa, mas sim, que eles não sabem ou estão com preguiça de saber. Não é por maldade, na verdade, na presença dos lao wai (gringos), muitos chineses ficam nervosos e se perdem, pois não estão acostumados com a presença de estrangeiros, ou não entendem nada do que estamos querendo dizer, então, pra se livrar logo eles dizem: MEI YOU 没有.

O que temos que entender também é que em muitas situações eles pensam diferente. E porque isso? Bom, começando pela própria forma de aprendizado! A comunicação escrita é através de caracteres, e não palavras. É claro que os caracteres têm o seu alfabeto, mas o que faz sentido pra eles, são os símbolos.

E não pensem que os símbolos são apenas alguns pauzinhos. Cada tracinho dos caracteres tem um nome e uma ordem para ser “desenhado”. A forma de pensar do chinês tem uma complexidade muito diferente, acreditem. Muitas vezes, uma mímica que pra nós faz todo sentido do mundo, pra eles não quer dizer nada.

*Aliás, temos que tomar um cuidado especial com gestos e mímicas em outros países, pois sabemos que alguns gestos podem até ser ofensivos.

Mas, com paciência e convivência, nós vamos aperfeiçoando a nossa comunicação. Vamos ficando cada vez mais craques na mímica e aos pouquinhos vamos absorvendo algumas palavras do difícil MANDARIM.

O mei you e a bingde pijiu também fazem parte do nosso cotidiano chinês! 🙂

P.S. 1: O título do post significa: Não tem cerveja gelada!

P.S. 2: Todas as informações contidas nesse blog não podem ser generalizadas. Assim como o sentido de “comida quente” no nordeste não tem o mesmo significado no Sul! Os que já caíram nessa sabem muito bem do que eu estou falando. 😉

O Banheiro

Duas curiosidades sobre o banheiro chinês que ainda não consegui entender: a primeira é que na grande maioria das casas, os banheiros têm uma porta com VIDRO! Pois é… Não é um vidro totalmente transparente. Ele geralmente é fosco, ou com alguma textura que impossibilita a visão nítida do que acontece do outro lado da porta – mas mesmo assim! O quão desconfortável é ir no banheiro e saber que todo mundo sabe que você está sentado na privada, vendo a luz acessa e alguns vultos. Vejam o banheiro aqui de casa pra entender o que eu estou falando:

IMG_1849

É claro que a situação não durou muito, agora já temos uma cortina do lado de dentro para podermos ter um pouco de privacidade 🙂

Apenas para curiosidade, conversando com alguns amigos, ficamos sabendo que ainda temos sorte do nosso vidro não ser totalmente transparente… O dia que encontrar um eu tiro uma foto pra mostrar!

A segunda obviamente, é o choque ocidental ao entrar em um típico banheiro chinês:

IMG_1885

Cadê a privada? Tá aí ó! O buraquinho no chão 🙂

Vou contar uma coisa pra vocês… Eu adoro viver aqui na China! Aprendo um pouquinho todos os dias e me adapto cada vez mais. Mas, esse buraco… Nem que eu viva 30 anos! Kkkkk

Para nós, ocidentais, a posição de cócoras não é das mais agradáveis. Não conseguimos nos manter muito tempo. Agora, se você conseguir ficar nessa posição com os dois pés grudados no chão e sem nenhuma dorzinha no joelho… Parabéns! Você já pode vir pra China!!! E utilizar o banheiro! Kkk Tem lugares que tem privadas, é claro. Porém, sinto informar que o buraco é o mais comum. Mas o mais interessante de tudo isso, é que os chineses realmente gostam dessa posição! Quantas vezes já vi na rua as pessoas descansando assim:

IMG_1904  foto

Eles gostam tanto, que quando há privadas, você poder ter certeza que quando for a sua vez de ir ao banheiro terão marcas de sapato nela, pois, SIM, eles ficam na mesma posição, EM CIMA da privada. Haja equilíbrio!

Aí a gente se pergunta: Mas como eles conseguem fazer isso?? Simples: Eles fizeram isso a vida toda. É apenas uma questão de costume. Vá perguntar a um chinês, principalmente os mais velhos, o que eles acham da privada? 😉

E aproveitando que estamos no clima de banheiro, tirei a foto de um em um shopping super chique por aqui:

IMG_1864

Também não sei qual a função de duas privadas assim… Acho que é pra levar a amiga junto ao banheiro! Ou a filha… Bom, só sei que eu fui sozinha! kkk

O buraco e a porta de vidro, também fazem parte do meu cotidiano chinês 🙂

P.S.: Todas as informações desse blog são meramente pontuais. São experiências trocadas, com chineses e estrangeiros, e não podem ser generalizadas. Assim como “nem toda feiticeira é corcunda, e nem toda brasileira é bunda…”(Rita Lee).

Navegação de Posts

Episódio China

Cenários, personagens e aventuras de uma temporada no oriente

Xing-Ling

Um pouquinho da nossa vida na China...

Perdido na China

Um pouquinho da nossa vida na China...